https://ojs.fipecafi.org/index.php/RevFipecafiCCF/issue/feed Revista Fipecafi de Contabilidade, Controladoria e Finanças (RFCC) 2022-08-31T19:31:07-03:00 Manoel Raimundo Santana Farias manoel.farias@fipecafi.org Open Journal Systems <p>A Revista Fipecafi de Contabilidade, Controladoria e Finanças, <strong>ISSN: 2763-7069,</strong> tem como missão divulgar conhecimentos científico e tecnológico das áreas de contabilidade, controladoria, administração, finanças, atuária e áreas afins, aplicados à realidade de organizações públicas, privadas e do terceiro setor.</p> <p>Google Acadêmico: <a href="https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&amp;user=J4kiRG0AAAAJ">https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&amp;user=J4kiRG0AAAAJ</a></p> https://ojs.fipecafi.org/index.php/RevFipecafiCCF/article/view/44 GESTÃO DE CUSTOS E PRECIFICAÇÃO EM UMA PEQUENA CONFEITARIA 2022-04-06T12:35:27-03:00 Raissa Lopes Marques raissalopes92@gmail.com Juliana Ventura Amaral juliana.ve.amaral@gmail.com Paschoal Tadeu Russo paschoal.russo@fipecafi.org <p>A tomada de decisão racional implica na seleção da alternativa que traga o resultado mais favorável e as empresas precisam de estratégias para gerenciar e otimizar custos no curto e no longo prazo. No segmento de alimentação, a competitividade ganhou impulso devido a <em>startups</em> de entregas, e trouxe desafios, sobretudo para empresas de pequeno porte. Nesse sentido, este estudo buscou averiguar como a contabilidade de custos pode contribuir com o processo de precificação de uma confeitaria de pequeno porte. Dados foram tratados para gerar informações que permitiram identificar os custos e despesas, calcular o preço de venda e a margem de contribuição. Os resultados da pesquisa demonstraram que a empresa não utilizava ferramenta de controle dos custos e não conhecia o lucro de seus produtos. Uma planilha funcional, objetiva e personalizada foi idealizada e se mostrou útil como instrumento de gestão para pequenas empresas, em especial ao ramo de confeitarias.</p> <p><strong>PALAVRAS-CHAVE:</strong> Contabilidade de custos, Precificação, Pequenas empresas, Confeitarias.</p> 2022-08-31T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Revista Fipecafi de Contabilidade, Controladoria e Finanças (RFCC) https://ojs.fipecafi.org/index.php/RevFipecafiCCF/article/view/41 ELIMINAÇÃO DE CONTEÚDOS IRRELEVANTES EM BUSCA DA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES CONTÁBEIS RELEVANTES EM NOTAS EXPLICATIVAS 2022-02-03T09:43:29-03:00 Fernando de Almeida Alves fernando.a15@outlook.com Jorge Andrade Costa jorge.costa@unifesp.br <p>Este trabalho analisou as informações divulgadas ao mercado por uma Companhia Aberta, em especial ao que se refere à apresentação das Notas Explicativas. O estudo buscou verificar se a Companhia atendeu aos requerimentos da OCPC 07 – Evidenciação na Divulgação dos Relatórios Contábil-Financeiros de Propósito Geral,<br />emitidos pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), com a eliminação de conteúdos irrelevantes e a manutenção tão somente de informações relevantes. A metodologia utilizada neste trabalho foi a do estudo de caso. Com esta metodologia foram observadas as Demonstrações Contábeis da TOTVS S.A., relativas aos exercícios dos anos de 2013 à 2020. Este período foi escolhido em função do início da vigência da OCPC 07, em 2014. A análise abordou três fases: (i) na primeira fase foram fixadas métricas comparativas de um ano para outro; (ii) na segunda fase foram analisadas as Notas Explicativas dos Intangíveis, levando-se em consideração também, a sua relevância frente aos demais ativos da Companhia; e (iii) na terceira fase foram avaliadas as Notas Explicativas das Principais Políticas Contábeis. Os resultados indicaram que houve uma redução relevante das Notas Explicativas da TOTVS nos<br />anos subsequentes ao ano-base 2013, atendendo ao objetivo da OCPC 07. Houve redução de 35% no número de páginas divulgadas em 2014 em relação a 2013. Essa redução ocorreu, principalmente, pela eliminação de conteúdos irrelevantes, como cópias literais de normas contábeis.<br /><strong>PALAVRAS-CHAVE</strong>: Demonstrações Contábeis; Notas Explicativas; TOTVS; Relevância; OCPC 07.</p> 2022-08-31T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Revista Fipecafi de Contabilidade, Controladoria e Finanças (RFCC) https://ojs.fipecafi.org/index.php/RevFipecafiCCF/article/view/51 Editorial v2.n2, 2021 2022-07-06T13:06:39-03:00 Manoel Farias manoelfarias@alumni.usp.br <p>O conteúdo que apresento nesta edição é o seguinte: No artigo “RELEVÂNCIA DA PESQUISA CONTÁBIL”, Paschoal Tadeu Russo discute questões que precisam ser enfrentadas rumo à relevância da pesquisa contábil para a prática profissional da área e, também, estratégias de produção e divulgação de conhecimento de conhecimentos que sejam úteis às organizações. No artigo “ELIMINAÇÃO DE CONTEÚDOS IRRELEVANTES EM BUSCA DA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES CONTÁBEIS RELEVANTES EM NOTAS EXPLICATIVAS”, Fernando de Almeida Alves e Jorge Andrade Costa analisaram a divulgação de informações financeiras ao mercado por uma Companhia Aberta, via notas explicativas, com o objetivo de verificar o atendimento às exigências da contabilidade em padrão internacional (IFRS) com a eliminação de conteúdos irrelevantes e a manutenção de informações relevantes. Concluíram que houve redução das notas explicativas, com destaque à eliminação de partes irrelevantes, como transcrições literais de trechos de normas contábeis. No artigo “GESTÃO DE CUSTOS E PRECIFICAÇÃO EM UMA PEQUENA CONFEITARIA”, Raissa Lopes Marques; Juliana Ventura Amaral e Paschoal Tadeu Russo mostraram como o controle e a gestão de custos auxilia a tomada de decisão na formação de preços, na gestão de vendas e permite a avaliação dos resultados, pois a empresa estudada, ao não utilizar uma ferramenta de controle dos custos também não conhecia os resultados obtidos com a venda de seus produtos. Trata-se de um estudo de caso com descrição detalhada de controles sugeridos e ferramentas utilizadas na geração de informações para uso da empresa, seguida das conclusões com auxilia nos dados e na literatura de custos. <strong>Boa leitura!</strong></p> 2022-08-31T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Revista Fipecafi de Contabilidade, Controladoria e Finanças (RFCC) https://ojs.fipecafi.org/index.php/RevFipecafiCCF/article/view/50 RELEVÂNCIA DA PESQUISA CONTÁBIL 2022-06-22T11:41:42-03:00 Paschoa Tadeu Russo paschoal.russo@fipecafi.org <p>A divulgação do conhecimento gerado na área de Contabilidade enfrenta diversos desafios, e este momento pode ser considerado como o de uma “crise de identidade que nos afasta a produção central do conhecimento em contabilidade com um olhar sobre a prática profissional” (Lopes; Flores, 2021, p. 1).<br />Parte da discussão que permeia os dilemas da produção e divulgação do conhecimento na área da Contabilidade está entre as diferentes percepções sobre o que é relevante para a pesquisa contábil: para alguns editores, a relevância prática se dará à medida em que mais relevância teórica for apresentada nas pesquisas (ter Bogt; van Helden, 2012). Outros pesquisadores consideram que a obtenção de mais relevância se dará quando mais pluralismo teórico e mais diversidade de paradigmas forem utilizados nas pesquisas (Van der Meer-Kooistra; Vosselman, 2012).<br />Do ponto de vista objetivo, a frequência com que questões sobre a ausência da relevância prática da pesquisa em Contabilidade tem sido apresentada, em congressos, associações profissionais e periódicos, evidencia a preocupação de que os pesquisadores acadêmicos “negligenciaram o núcleo técnico de suas disciplinas e seus problemas e questões que têm uma relevância prática direta” (Baldvinsdottir, Mitchell; Nørreklit, 2010, p. 79) ou têm deixado de aproveitar os resultados das pesquisas empíricas para desenvolver e apoiar a prática.<br />Não se trata de uma preocupação focada na quantidade de pesquisas realizadas, pois esta cresceu enormemente nas últimas duas décadas, entretanto, existem dúvidas sobre a capacidade que essas pesquisas têm de beneficiar a economia, sociedade, além da própria academia (Brooks; Fenton; Schopohl; Walker, 2019; Fraser; Sheehy, 2020).</p> 2022-08-31T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Revista Fipecafi de Contabilidade, Controladoria e Finanças (RFCC)